Arquivo da tag: bijuterias

Black Friday, Na Estação Ginja tem !

Ei Ginjas ! A Estação Ginja vai estar na Black Friday !  Na sexta feira, dia 24, se inciando as 00:001 e se estendendo até as 00:00 , a minha loja estará com até 40% de desconto ! Inteirinha, todos os produtos terão descontos ! E para compras maiores que R$ 300,00, o frete vai ser grátis para a maior parte do Brasil ! É só checar os preços, vocês verão que não vai ter “fraudey” lá não ! Mas não se esqueça de que a Estação Ginja tem apenas 1 , as vezes 2 peças apenas, de cada , então se você esta apaixonada por aquela peça , que ainda não teve coragem de comprar, se apresse ! Tudo vai estar com o desconto e em 3 x sem juros ! Basta colocar o cupom que esta lá no site ( EUQUEROMUITOTUDOISSO), na finalização da compra e o desconto aparece !

Mas e afinal, o que é a Black Friday ?

Todo mundo sabe que nos últimos anos praticamente todas as lojas do Brasil passaram a nos enviar quinhentos e-mails por dia com a famosa promoção Black Friday, não é mesmo? Mas a grande maioria das lojas brasileiras desvirtuou completamente a data, fazendo promoções um mês antes, uma semana antes e até por vários meses depois, usando a famosa data como uma “referência” de economia.

E o que é a verdadeira Black Friday?

Black-Friday-2017-1

A famosa “Black Friday” ou “Sexta-feira Negra” é uma tradição americana, que dura exatamente um dia, ou melhor , 24 horas, onde há uma grande baixa dos preços nas principais lojas e acontece exatamente no dia seguinte ao dia de Ação de Graças. Ela acontece na última sexta-feira do mês de Novembro, quando se inciam oficialmente as compras de Natal.

Diz a lenda que que o primeiro uso do termo “Black Friday” aconteceu na verdade para classificar uma crise econômica. Numa sexta-feira, dia 24 de Setembro de 1869, dois reputados agentes da bolsa de Wall Street, Jay Gould e Jim Fisk, após  um intenso dia de trabalho para conseguirem grandes lucros, fracassaram totalmente no seu intento. O mercado de bolsas entrou em bancarrota, gerando uma grave crise econômica no país.  O dia ficou conhecido como “Black Friday”, ou sexta feira negra…

Outros dizem que no 19 de Novembro de 1975,  o jornal New York Times usou o adjetivo “dia negro” em referência aos problemas de trânsito e ao caos que ocorriam  na cidade de Nova York  naquele dia, devido aos descontos que aconteciam naquele pós dia de Ação de Graças, que já era uma tradição naquele dia. E o dia ficou conhecido como ” sexta negra” .

O fato é que em 1966 o termo passou a ser usado ao redor do mundo, tornando-se popular e com o tempo, a data se tornou a mais agitada do varejo no país. Nesse dia as lojas americanas abrem mais cedo e milhares de pessoas aguardam em filas enormes para aproveitar as promoções. Embora não seja um feriado, muitas pessoas ganham o até o dia de folga e se tornam consumidores com grande potencial.

E no Brasil ?

pinup compras

Aqui a data foi mencionada pela primeira vez em 2010, em um movimento de 50 lojas e aconteceu apenas na internet. Em 2013 o movimento cresceu gerando um faturamento de R$770 milhões para o comercio online.  Os produtos mais almejados eram TVs e Smartphones, com descontos de 16% a 19%.

Mas quando o evento começou a se espalhar por lojas físicas também,  foi notado que o preço de 21% dos produtos das lojas haviam sido aumentados nas semanas anteriores, o que levou à  indignação milhares de consumidores, que passaram a usar expressão “Black Fraude” para se referir ao evento. Foi nesse ano que a empresa Reclame Aqui lançou uma ferramenta de monitoramento, onde os usuários podiam conferir a reputação das empresas e reclamar ou denunciar práticas irregulares nas promoções. E a coisa começou a ficar certinha.

Hoje a data é uma das mais importantes para o comercio online. O evento não tem regulamentação, nem organização centralizada e qualquer empresa, tanto virtual quanto física, pode fazer promoções com o nome Black Friday.

Os descontos variam, mas é sempre bom ficar de olho se aquele super desconto mega enorme , de 60%, 70%, 80% não foi maquiado nas semanas anteriores…

Então aproveite o seu dia ! E não se esqueça de dar uma chegadinha la na minha loja !

IMG_0633

 

 

 

Anúncios

Saber se vestir é fundamental.

Todo mundo gosta de uma boa apresentação, seja pessoal ou profissional. Gostar do que é belo é muito fácil.

Tenho uma amiga ginja que faz ótimas combinações de roupas e fica linda, mesmo sem usar roupas de grife, até mesmo porque, vamos combinar , roupas de marca sempre foram mais caras e de uns tempos para cá estão que nem se fala.

Esta amiga consegue combinar uma calça sem marca famosa com uma blusa bacana e a impressão que você tem é que ela só usa roupa cara. Mas como assim?

Perguntando a ela, eis seu segredo: Ginja, o que interessa é sempre o conjunto, é o combinar de cores, texturas, brilhos e estampas,  misturar blusas lisas com lenços coloridos, seda com jeans, clássico com moderno, usar uma bijuteria que  combine com o estilo de roupa que você está usando. E isto nem sempre custa tão caro.

Por exemplo, em muitas cidades os mega brincos estão em alta, mas se você for muito baixinha ou muito magrinha, vai ficar feio, vai parecer mais baixa ainda, então buscar uma proporção bacana e que combine roupas e acessórios com sua altura e biotipo é essencial.

Estar na moda nem sempre significa que você deve vestir o que dizem que é moda. Pode ficar terrível em você. Se você é baixinha e gordinha, usar um vestido longo e rodado de renda pode fazer você ficar parecendo aquelas capas de botijão de gás que sua avó usa.

Capa de Botijão 005

Nesta primavera as pedras em bijuterias estarão em alta. Mas só isso não basta para que você esteja bonita, mesmo porque pedras remetem a rusticidade e combinam tanto em um visual despojado quanto em uma ocasião mais chique.

O grande lance é saber qual bijuteria de pedra usar em cada ocasião, para um esporte chique por exemplo, uma bela calça jeans com uma blusa de seda creme e um colar longo de pedras mais rústico fica show. Elegante, leve e linda. Mas se você é baixinha , um colar longo pode ficar feio, talvez fique mais chique uma corrente curta com um pingente de pedras polidas e brilhantes.

Primavera é uma ótima estação para se usar vestidos floridos e a grande vantagem das pedras é que por terem varias cores e várias tonalidades, sempre haverá uma semi joia que combine com alguma cor de seu vestido estampado.

O tempo está esquentando, então aproveite a ocasião para ousar. Mesmo porque nem só de ouro e prata vivem as mulheres e suas bijuterias, existem também as miçangas, cordas especiais, sementes, madeira, palha, couro e também as pérolas. Sim pérolas de água doce, que são tão bonitas quanto as de água salgadas, podem ser adquiridas por um preço mais acessível (e nossa carteira agradece).

O importante é não carregar na sua imagem, seja na maquiagem, nas roupas ou acessórios, saber combinar texturas, cores, peças rústicas ou clássicas com roupas leves, alegres e elegantes. Tudo isso dará o clima que você precisa para estar linda e no clima da primavera.

Afinal, ser ginja tem tudo á ver com ter presença, não só de personalidade, mas também de beleza, leveza e feminilidade.

Vamos lá, misturar panos e acessórios para estarmos sem pre lindas e o mais importante estarmos bem com nós mesmas.

Beijos ginjas a todas.

Alergia ao meu brinco tão amado !?

Você conhece o Níquel ?

Níquel ou sulfato do níquel é um metal, amplamente utilizado em centenas de produtos do nosso dia a dia, como botões de calças jeans, fivelas de cintos, chaves, tinturas de esmaltes, fiação elétrica, grampos de papel, celulares, pilhas recarregáveis, talheres , maçanetas, moedas, CDs, instrumentos musicais, jóias e bijuterias,  entre outros. É interminável a quantidade de objetos que contêm níquel.  Isso é porque ele tem diversas vantagens, como resistência à corrosão, maleabilidade, dureza e propriedades eletrônicas.

Apesar de tão versátil, o níquel é um problema muito sério para algumas pessoas. Ele é altamente alérgico. Em 2008 a Sociedade Americana da Dermatite de Contacto declarou o níquel como o Alérgeno do Contacto daquele ano.

As pessoas com alergia ao níquel podem ter  reações de contato de repente, a chamada Dermatite de Contato Alérgica. Esta reação pode acontecer tanto depois anos de exposição, como logo na primeira vez . Depois que desenvolve a alergia, a pessoa sempre será sensível ao níquel.

Sintomas e Sinais

A alergia se manifesta com o súbito surgimento de vermelhidão da pele, coceira, podendo ocorrer a formação de pequenas bolhas, que posteriormente se rompem e a pele descama. Para piorar, a área atingida pode depois que melhorar,  ficar escura, como se estivesse queimada, formando manchas bem desagradáveis.

Os locais os mais comuns para a ocorrência dessa dermatite são:

  • Pulsos – causados pelas pulseiras ou pelos braceletes de relógios que contêm o níquel
  • Pescoço- colares a base de níquel
  • Lóbulos da orelha – pelo uso de brincos com niquel
  • Abdômen na altura da cintura – devido aos botões das calças jeans ou à fivelas dos cintos

niquel 3

 

alergia

 

 

 

 

 

Algumas pessoas podem ainda desenvolver sintomas sistêmicos, devido a  ingestão do níquel que é presente em alguns alimentos, principalmente nos enlatados. Os sintomas variam, desde simples coceiras pelo corpo, até eczema com bolhas e descamação da palma das mãos e dos pés.

O mecanismo pelo qual o níquel é ingerido e absorvido pelo corpo ainda não é muito bem compreendido . Mas sabe-se que a vitamina C e o ferro são capazes de diminuir a sua absorção, ou seja, alimentos ricos em vitamina C e Ferro ajudam a reduzir a quantidade de níquel absorvida pelo corpo.

E quem pode ter alergia?

Tanto faz. Homens e mulheres , de qualquer idade, podem ter alergia ou desenvolve-la algum dia. É mais comum nas mulheres por causa de uso frequente de níquel em bijuterias baratas, daquele tipo que você compra nas barraquinhas dos hippies na praia. Nos homens é mais comum por causa das fivelas dos cintos.

Muitas vezes a alergia começa com a perfuração da orelha e do uso de um brinco de metal desses baratinhos, que são quase que feitos apenas de níquel. Até mesmo uma joia de ouro não é garantida, porque ela é sempre feita de uma liga de ouro com outro metal, que pode incluir o níquel. Nos brincos uma medida legal é passar esmalte na parte que tem contato com a pele, mas a proteção só vai durar até que ele descasque. Ou usar joias e bijus folhadas a prata ou ouro, de boa qualidade.

Diagnóstico e Tratamento

A alergia do Níquel é diagnosticada com a ajuda de exames e provas de contato e frequentemente exige tratamento.  Pomadas a base de corticoides ajudam bem, mas devem ser usadas com cuidado, afinal são corticoides. Na duvida, procure um dermatologista.

Quem é alérgico deve fazer o possível para evitar o contacto da pele com objetos que contem níquel, como colares, braceletes, brincos, anéis e relógios, alem de prestar atenção em peças de vestuário, como fechos, botões e zíperes.

E se a alergia for severa, fazer uma grande investigação na casa, em busca de objetos que possam ser a causa da alergia. Ha relatos de pessoas que tinham alergia à água da casa, porque a torneira continha níquel.

E você? Já teve alergia àquele brinco amado alguma vez?

 

ESTÁ NO AR !!!!!

Meninas, minha Ginjas queridas, estou tão feliz que estou dando pulinhos no meio da sala!
Finalmente, depois de trancos e barrancos, consegui colocar minha loja on line no ar. Foi difícil, mas como não desisto nunca, está pronta !

È uma lojinha simples ainda, mas invocadinha e pronta para crescer ! Por enquanto tem apenas bijuterias, mas são AS bijus ! Como gosto de exclusividade, só tem uma , as vezes duas peças de cada modelo. E não adianta chorar, porque são únicas mesmo. Não são feitas em massa. Então comprou, a amiga vai morrer de inveja, porque não vai ter repeteco.

São bijus muito finas, em sua maioria banhadas à prata ou ródio.

Passa lá, me dá um retorno se gostou , tá bom?

O link? Clica no banner aqui em baixo ou acesse www.estaçãoginja.com.br.

img_0633.jpg