Tudo que você gostaria de saber sobre Lifting

 

Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgia Plastica

Hoje vamos falar de um assunto muito sério: Lifting Facial. Você já deve ter ouvido falar, talvez até já tenha feito um ou está procurando informações para fazer um. Este artigo foi retirado do Colégio Brasileiro de Cirurgia Plastica, pois informação séria nunca é demais, certo ?

Conhecida como ritidoplastia, o lifting fácil é na verdade um procedimento cirúrgico, que serve para melhorar sinais visíveis de envelhecimento no rosto e no pescoço. Serve para corrigir aquela flacidez indesejável na parte das bochechas, ao redor dos lábios, ou para corrigir aqueles vincos profundos que se formam abaixo das pálpebras inferiores, ao longo do nariz e que se estendem ao canto da boca, conhecido como bigode chinês.

Serve também para corrigir a perda do tônus muscular na parte de baixo do queixo, que gera aquela papada mole e para diminuir a pele frouxa e o excesso de depósitos de gordura sob o queixo e a mandíbula.

Junto com o lifting de face, também é possível se realizar o lifting da testa, corrigindo a sua flacidez ou a testa franzida, e ainda dá para fazer a cirurgia de pálpebras, para rejuvenescer os olhos.

 

 

Parece tudo milagre, não é? Não é mesmo. O facelift não muda sua aparência. Lembre-se, ele não cessa o processo de envelhecimento. Ele melhora aspectos críticos apenas.

facelift só pode ser realizado cirurgicamente e por um cirurgião plastico. Aqueles tratamentos não cirúrgicos de rejuvenescimento, feitos em clinicas de estética, não proporcionam os mesmos resultados. Eles podem ajudar a retardar o momento em que o facelift torna-se mais necessário, além de complementar os resultados da cirurgia, mas não fazem a mesma coisa.

A cirurgia da face é um procedimento que você deve fazer apenas se estiver com o seu checkup em dia. Você deve entender que como é uma cirurgia, deve estar fisicamente saudável. Não deve fumar porque o fumo atrapalha na cicatrização (não adianta parar dois dias antes, ok?) e deve entender que milagres não existem.

 

 

E saiba que existem riscos, afinal,  é uma cirurgia. São eles:
• Cicatrizes • Hematomas • Acúmulo de líquidos (seroma • Riscos anestésicos • Má cicatrização • Necrose da pele • Dormência ou perda da sensibilidade da pele •Assimetria • Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado • Perda de cabelo no local das incisões ( é reversível) • Necrose do tecido adiposo • Danos em estruturas mais profundas tais como nervos, vasos sanguíneos, músculos e pulmões • Dor, que pode perdurar •Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares • Fios de sutura que podem espontaneamente emergir na pele tornando-se visíveis ou causar irritação que exijam sua remoção • Possibilidade de novos procedimentos cirúrgicos.

Mas e como se faz a cirurgia? 

Primeiro você recebe a anestesia, que pode ser só uma sedação ou anestesia geral.

Em seguida o médico vai fazer cortes em locais que dependem do grau de mudanças que você quer e as suas opções de cirurgia.

Elas incluem um Lifting tradicional, um Lifting com incisão limitada ou Lifting de pescoço.

Uma incisão de lifting tradicional muitas vezes começa no couro cabeludo na região temporal, continua em torno da orelha e termina na parte inferior do couro cabeludo. A gordura pode ser esculpida ou redistribuída na face, na papada e no pescoço. O tecido que fica em baixo é reposicionado nas camadas mais profundas da face e os músculos são elevados.

Uma segunda incisão abaixo do queixo pode ser necessária para melhorar o aspecto de envelhecimento no pescoço.

Suturas ou adesivos de pele são usados para fechar as incisões.

Uma alternativa ao facelift tradicional utiliza incisões menores na região temporal, continuando em torno da orelha e possivelmente dentro das pálpebras inferiores ou sob o lábio superior. Papada, pele flácida no pescoço e acúmulo de gordura sob o queixo podem ser corrigidos com lifting de pescoço. A incisão de lifting de pescoço começa muitas vezes na frente do lóbulo da orelha, passando por trás da orelha, terminando na parte inferior do couro cabeludo.

Depois, a pele é fechada e as cicatrizes ficam bem escondidas no couro cabeludo e nos contornos naturais do rosto e do ouvido.

Resultados

Os resultados do facelift aparecem depois que o inchaço e os hematomas somem. O resultado final é restaurar a aparência, deixando-a mais jovem e descansada, o que pode ajudar bastante na recuperação da sua autoestima.

Pode levar alguns meses para que o inchaço desapareça e até seis meses para que as linhas da incisão fiquem com aparência normal. Proteção solar permanente ajuda a manter a aparência rejuvenescida, minimizando o envelhecimento ou os danos do sol. Além disso, um estilo de vida saudável também ajuda a prolongar os resultados obtidos com a cirurgia, dando-lhe aquela aparência tão desejada.

Ultima dica: Procure sempre um cirurgião plastico de confiança e credenciado no Colégio Brasileiro de Cirurgia Plastica. Isso faz uma enorme diferença para a sua segurança.

E aí? Preparada? Você já fez ou pretende fazer um Lifting algum dia? Eu pretendo…

 

7

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: