Ginja, Qual é o seu negócio?

Que desde que a mulher entrou no mercado de trabalho ela evoluiu é fato. Incialmente a passos lentos, mas hoje 30 % dos negócios privados do mundo estão em nossas mãos.

Estão nas mãos das mulheres 51% de todos os novos negócios abertos no Brasil e não é só em serviços domésticos e beleza e cabelo, hoje, serviços de buffet e comida pronta, comércio de roupas e acessórios, saúde particular e atividades jurídicas tem como idealizadora e mantenedora do negócio uma mulher.

É certo que muitas mulheres começam seus negócios por uma necessidade e não por visualizar uma oportunidade de mercado, mas o fato é que, nós mulheres, estamos mais do que nunca engajadas no mercado e na luta pela nossa sobrevivência e de nossos negócios.

Sim, é verdade que na maioria das grandes empresas o domínio de gestão ainda é masculino, mas nos pequenos negócios as mulheres disparam e não é raro que o marido perca o emprego e venha trabalhar na atividade da esposa, onde ela o lidera e coordena suas atividades.

E não é necessário nenhum dom especial para começar a ter seu próprio dinheiro, basta saber o que você faz bem e botar a mão na massa (as vezes literalmente) , em outras vezes uma boa ideia para montar um bom negócio, é montar algo que você tem dificuldade para achar, afinal se você tem esta dificuldade outras pessoas podem ter também e se você descobrir como resolver o seu problema talvez possa montar seu negócio ajudando outras pessoas a resolver o delas.

No meu caso por exemplo, eu queria bijuterias finas e semi joias que tivessem um preço bacana, fossem diferentes e principalmente duráveis já que tem muita coisa por ai totalmente descartável, como uma bijuteria lindinha que ganhei no escritório de uma colega, mas que depois da quarta vez de uso já havia perdido duas pedrinhas de cristal. Triste isso.

Ai o jeito foi ir a luta, estudar o assunto e montar minha loja virtual, onde quem compra não vai passar por estes perrengues.

O mais importante, é você fazer algo que lhe dê alegria de estar fazendo nascer e crescer, não acredite em sugestões tipo “negócios para mulheres”, conheço uma ginja que é dona de uma mecânica de motos e abriu seu negócio de tanto fuçar na moto usada que comprou, mas que vivia dando problema. Mecânica é para mulher? Podem achar que não é, mas a Eliana Franco que eu conheço, vive da oficina dela e hoje comanda 3 mecânicos.

Por outro lado, vamos deixar claro, não existe pequenos negócios de mulheres, todo e qualquer negócio tem o tamanho que sua dona deseja e nem é preciso procurar muito para conhecer grandes negócios que surgiram pequenos e sempre foram comandados por mulheres.

E você que negócio tem ou deseja montar? Comente em nossa página do Facebook e vamos mostrar que ginjas são poderosas e mandam muito bem. Qual seu negócio Ginja? Comente.

 

9

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: